Inclusão nas escolas esteve no centro do debate na Cidade das Artes

O conceito de inclusão refere-se ao ato ou processo de garantir que todas as pessoas, independentemente de suas diferenças individuais, características ou origens, sejam valorizadas, respeitadas e tenham acesso igualitário a oportunidades, recursos e participação na sociedade. Buscando a formação docente e o fortalecimento dos vínculos entre as famílias e as escolas na educação inclusiva da rede municipal, a Prefeitura de São João da Boa Vista promoveu a VIII Jornada Inclusiva. O evento ocorreu nos dias 22 e 23 na Cidade das Artes e teve como tema “Empatia e Acolhimento em uma Escola para Todos”.
A abertura foi realizada pela diretora de Educação, Eloísa Matielo Ribeiro, e contou com a presença da prefeita Maria Teresinha de Jesus Pedroza e o presidente da Câmara Municipal, dr. Carlos Gomes. A programação teve as apresentações da Orquestra Brasileira Inclusiva, de São João da Boa Vista, e também de José, o pianista, de Araras (SP). O evento ainda foi marcado pela palestra da escritora Jô Nunes, fundadora da Associação Brasileira de Síndrome de Williams (ABSW), a qual relatou a trajetória de luta em prol do diagnóstico e inclusão de sua filha Jéssica Nunes Herculano. Na ocasião, a palestrante prestou informações sobre a doença, a dificuldade no diagnóstico, os principais sintomas físicos, o déficit cognitivo, o comportamento dos portadores, o convívio familiar e a importância da inclusão social das pessoas com a síndrome.

ENCERRAMENTO
Sob a regência do Maestro Antônio Carlos Toni, a Orquestra Brasileira Inclusiva recepcionou os participantes durante o encerramento da VIII Jornada Inclusiva. Neste segundo dia, os presentes também, tiveram a oportunidade de conferir a performance dos alunos da APAE de Vargem Grande do Sul, que apresentaram um espetáculo baseado na obra “O Jardim Secreto”, da autora inglesa Frances Hodgson Burnett.
As palestras da noite ficaram por conta do atleta paralímpico Paulo Guerra, que é recordista brasileiro de salto em altura, além da professora drª Betânia Alves Veiga Dell’Agli, coordenadora do curso de Psicologia da Unifae.
Vale destacar a participação do professor Lucas Delbello dos Santos, do Instituto Federal, que realizou a interpretação em Libras durante os dois dias do evento. A programação foi transmitida ao vivo pelas redes sociais da TV Cidade Online.

WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.56 - Copia - Copia WhatsApp Image 2023-11-29 at 14.00.18 (1) WhatsApp Image 2023-11-29 at 14.00.18 WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.57 (2) WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.57 (1) - Copia WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.57 - Copia WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.56 (7) - Copia WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.56 (6) - Copia WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.56 (5) - Copia WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.56 (4) - Copia WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.56 (3) - Copia WhatsApp Image 2023-11-29 at 13.59.56 (1) - Copia